Amado(a) Irmão(a),

Eu gosto de incentivar as pessoas a lerem bastante a Palavra de Deus para saberem qual é o pensamento de Deus sobre as coisas da vida que enfrentamos e vivemos. Uma das coisas que observamos que Deus deu a nós humanos é que devemos exercer domínio e autoridade sobre nosso inimigo, o diabo.

Vejamos Gênesis 1:26 – “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.” Vamos observar duas palavras neste texto, “imagem e semelhança”, imagem quer dizer sermos como Deus, o reflexo ou sombra Dele; essa sombra é Sua imagem. Quando se olha no espelho, o que se vê, é a própria imagem. A palavra semelhança, no hebraico, não é a mesma que imagem. Com os olhos vemos o que é do natural e por isso fica muito difícil de imaginar algo muito maior que será na eternidade.

Deus deu domínio ao homem, dominamos sobre coisas que nós somos superiores. Então, Adão ia bem com relação ao domínio e autoridade, até que ele pôs tudo a perder.

Veja como tudo mudou ao ler Gênesis 3:1-6 – “Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o Senhor Deus tinha feito, disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim? Respondeu-lhe a mulher: Do fruto das árvores do jardim podemos comer, mas do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Dele não comereis, nem tocareis nele, para que não morrais. Então, a serpente disse à mulher: É certo que não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que dele comerdes se vos abrirão os olhos e como Deus sereis conhecedores do bem e do mal. Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu.”

Vamos ver o que aconteceu quando Adão fez o que relata o texto acima, veja o que se diz em Romanos 5:12 – “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.” A morte entrou no universo através do pecado, Adão foi a chave para isso acontecer, porque até então não tinha nem pecado e nem morte.

Vamos ler Lucas 4:1-7 – “Jesus, cheio do Espírito Santo, voltou do Jordão e foi guiado pelo mesmo Espírito, no deserto durante quarenta dias, sendo tentado pelo Diabo. Nada comeu naqueles dias, ao fim dos quais teve fome. Disse-lhe, então, o Diabo: Se és o Filho de Deus, manda que esta pedra se transforme em pão. Mas Jesus lhe respondeu: Está escrito: Não só de pão viverá o homem. E, elevando-o, mostrou-lhe, num momento, todos os reinos do mundo. Disse-lhe o Diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser. Portanto, se prostrado me adorares, toda será tua.” Quando Adão pecou ele passou todo o controle para o diabo e, Jesus sabia bem disso, por isso que o diabo estava tentando exercer domínio sobre Jesus. O diabo está falando que pode dar glória e poder a quem ele quiser, mas, ele tem controle e não domínio porque a Palavra diz que Deus deu domínio para o homem e não para o diabo. Saiba que, quando o diabo fala “reinos”, ele não se refere a países do mundo e sim a respeito do domínio sobre a criação. No V.6 – “Disse-lhe o Diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser.” O diabo está mentindo porque o domínio nunca lhe foi dado e por isso ele não tinha capacidade alguma de dar domínio a quem quer que seja. Deus disse que deu domínio ao homem.

Jesus falou que o ladrão vem para roubar, matar e destruir. Pensa nisso, se o diabo tivesse tal domínio nós teríamos muito mais destruição e mortes nesta terra do que se tem, principalmente com os que servem a Deus. Então, o diabo foi até Adão para destruir o relacionamento dele com Deus, para que perdesse o domínio que lhe tinha sido dado para que o diabo pudesse agir, e foi isso que aconteceu.

Por isso que Jesus fez tal afirmação em João 8:44 – “Vós sois do Diabo, que é vosso pai, e quereis satisfazer-lhe os desejos. Ele foi homicida desde o princípio e jamais se firmou na verdade porque nele não há verdade. Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso e pai da mentira. O diabo não tem corpo natural e por isso ele precisa da humanidade para agir através do homem com a natureza dele.

Nós damos muito crédito ao diabo, lembra que lemos no começo dessa carta, em Lucas, onde o diabo mostra os reinos para Jesus e diz, lhe darei “poder”, mas não é o poder de Deus e sim esse direito que adquiriu de agir através das pessoas não nascidas de novo. Mas, Jesus não considerou o que ele estava falando e enquanto esteve nesse mundo Ele sim, Jesus, exerceu domínio curando os enfermos, libertando os oprimidos pelo diabo, através da natureza da Vida, tirando os efeitos da natureza carnal, pecadora e morta.

Vejamos II Co3:17-18 – “Ora, o Senhor é o Espírito; e, onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade. E todos nós, com o rosto desvendado, contemplando, como por espelho, a glória do Senhor, somos transformados, de glória em glória, na sua própria imagem, como pelo Senhor, o Espírito.” Na verdade, nós nunca perdemos o domínio, e agora que temos relacionamento com Deus, podemos exercer o domínio sobre o mal. O que houve agora foi uma mudança em nossa natureza, nós  voltamos lá para Gênesis quando Deus criou o homem com a natureza Dele. Então, o diabo não é mais o senhor de quem nasceu de novo, por isso vamos exercer o domínio que Deus deu ao homem em Gênesis 1.

Observe o que está escrito em Colossenses 1:25-27 – “… me tornei ministro de acordo com a dispensação da parte de Deus, que me foi confiada a vosso favor, para dar pleno cumprimento à palavra de Deus: o mistério que estivera oculto dos séculos e das gerações; agora, todavia, se manifestou aos seus santos; aos quais Deus quis dar a conhecer qual seja a riqueza da glória deste mistério entre os gentios, isto é, Cristo em vós, a esperança da glória. Cristo em vós, quer dizer a vida de Deus que está dentro de nós, que é a esperança da glória e, quando nascemos de novo, nós nascemos com essa imagem de Cristo Jesus e vamos sendo transformados de glória em glória, ao nos firmarmos na Presença de Deus; e é nessa condição que vamos exercendo domínio sobre os efeitos da morte.

Encorajo você a passar um tempo com Deus em oração, todos os dias, para se fortalecer e exercer a autoridade sobre o mal que vem para sua vida. A prática da Palavra de Deus é muito importante. Leia bastante a Palavra para você aprender mais sobre quem você é em Cristo Jesus.

Desejo a você meu amigo(a) e a sua família um Feliz Natal e um Ano Novo abençoado e protegido contra o mal. Oro pela união de sua família e a salvação daqueles membros amados que ainda não conhecem Jesus, que se entreguem a Ele. E, agradeço a Deus por termos passado mais um ano juntos confiando em Nosso Deus Poderoso e Maravilhoso que cumprirá na íntegra Suas Promessas em nossas vidas, em Cristo Jesus Nosso Senhor.

Graça e Paz!

Ana Maria.

Print Friendly, PDF & Email