Amado(a) Irmão(a),

O ano de 2016 está começando e sei que você tem algum propósito para essa nova etapa de sua vida. É aconselhável termos um bom propósito, mas também é necessário um plano para alcançarmos as vitórias quando encontrarmos os obstáculos.

Vamos traçar os dias desse ano com sucesso e não deixar que o acaso decida como eles serão, talvez com incertezas e desapontamentos. É possível, sim, mudar o curso de nossas vidas do ruim para o bom e do pior para o melhor. Mas, para isso, devemos nos entregar à liderança do Espírito Santo que, por meio da oração em línguas, vai assegurar nosso futuro.

Que maravilha viver todos os dias desse novo ano dentro do propósito e vontade de Deus, que é nos abençoar. Que segurança maravilhosa Deus nos oferece! Contudo, devemos perseverar e não desistir de obedecê-Lo.

Para andarmos na proteção de Deus e recebermos suas bênçãos, vejamos o que Jesus diz em João 15:1-2:

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor. Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda.

Observe que há uma purificação necessária. E para que ela aconteça, é muito importante a diligência nas práticas das chaves da oração. Precisamos andar na santidade que o Senhor exige de nós. E é exatamente por isso que muitas pessoas desistem: é muito custoso ficar na Presença de Deus por um bom período de tempo para que Ele possa fazer as podas necessárias em nossas vidas.

Todos temos que encarar os montes em nosso dia a dia, não é mesmo? E, com certeza, nem sempre gostamos das circunstâncias desfavoráveis. Mas, quando elas vêm é que sabemos quem somos realmente por dentro, porque elas expõem o que somos pelas nossas reações. Muitas vezes, acabamos fazendo nosso Deus muito pequeno, achando que não conseguiremos ultrapassar aquela situação como vencedores.

Precisamos permitir que nosso espírito nascido de novo se levante e exerça domínio sobre nossas emoções, dando o comando de ser cheio de alegria, conforme está escrito em Filipenses 4:4:

Alegrai-vos sempre no Senhor; outra vez digo: alegrai-vos.

 

Eu tenho que dizer a minha alma o que o salmista disse em Salmos 103:1-2:

Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e tudo o que há em mim bendiga ao seu santo nome. Bendize, ó minha alma, ao SENHOR, e não te esqueças de nem um só de seus benefícios.

 

Veja que o homem do Antigo Testamento, sem nascer de novo, teve o entendimento que deveria exercer domínio sobre suas emoções. Como vemos nos versículos do salmo 103, acima, ele não queria deixar suas emoções o dominarem, mas dava ordens a sua alma, instruindo-a a bendizer ao Senhor. E é essa a fórmula que faz nosso coração se alegrar no meio da tribulação. Veja como é grande o seu Deus!

Experimente agir dessa forma quando estiver passando por tribulações: ordene a sua alma a bendizer ao Senhor. Observe que nosso coração deve estar alegre e não desanimado e depressivo. Não aceite os ataques do diabo, mas obedeça as instruções de Deus.

É melhor seguir o que Deus diz do que abrir a boca e falar para Deus que o seu monte é muito grande, que você não aguenta mais, e que você não tem força, ou que se Ele não fizer alguma coisa naquela hora, você vai perecer. Esse sim é o modo mais errado de se orar, pois é inteiramente contrário ao que Deus ensina em Sua Santa Palavra.

Então, diga à sua alma quão grande e bom é o seu Deus! As Escrituras dizem para darmos ordens à montanha. Não é para você falar dela para Deus, mas, sim, ordenar à montanha: “Em Nome de Jesus, suma”. Aprenda a exercer a autoridade que Deus já te deu sobre todo o mal e fique livre dele.

Você sabe que as emoções só gostam de festas, entretenimentos e diversões; no meio disso tudo elas ficam muito alegres. Mas como ficar alegre no meio das dificuldades? É por meio da “paciência”. Então, sente-se lá no seu quarto de oração e busque a Deus. E aguente a pressão que as emoções estão trazendo, porque com perseverança essa pressão vai ser quebrada. E deixe Deus purificar sua vida daqueles galhos infrutíferos.

Veja o que está escrito em Tiago 1:1-4:

Tiago, servo de Deus e do Senhor Jesus Cristo, às doze tribos que se encontram na Dispersão, saudações. Meus irmãos, tende por motivo de toda alegria o passardes por várias provações, sabendo que a provação da vossa fé, uma vez confirmada, produz perseverança. Ora, a perseverança deve ter ação completa, para que sejais perfeitos e íntegros, em nada deficientes.

Aqui está escrito que a perseverança é a chave para superar os ataques. Mas, vejam, há dois tipos de perseverança. Um dos tipos é a que fica esperando, sem fazer nada, apenas aceitando o que está acontecendo (por exemplo, ficar sentado na frente do Rio Jordão esperando um dia tomar posse da Terra Prometida, e ficar lá esperando até morrer). Esse tipo de perseverança não tem fé para vencer por não ter ação.

O outro tipo de perseverança é aquela que cruza o Rio Jordão e continua em batalha, e com alegria, até possuir total e integralmente o que Deus promete na Palavra.

Veja o que Deus disse à Zorobabel, governador de Judá, em Zacarias 4:6:

Prosseguiu ele e me disse: Esta é a palavra do SENHOR a Zorobabel: Não por força nem por poder, mas pelo meu Espírito, diz o SENHOR dos Exércitos.

A fé faz Deus agir, e foi assim Zorobabel venceu muitas batalhas.

Vejamos como Jesus trata esse assunto lendo Marcos 11:23:

Porque em verdade vos afirmo que, se alguém disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar no seu coração, mas crer que se fará o que diz, assim será com ele.

São ensinamentos de Jesus, e devemos segui-los, para que Ele venha nos libertar de tudo o que nos oprime. O diabo quer que você pense ser a pior das pessoas. E se você começar a pensar assim, ele já conseguiu fazer você parar de orar. Então, cuidado com esse objetivo do traiçoeiro, que engana e rouba as bênçãos e toda comunhão com Deus.

O Espírito Santo foi enviado para sermos guiados por Ele e essa direção se dá pelo relacionamento com Ele. Só quando nos relacionarmos com o Espírito Santo é que receberemos tudo o que precisamos dentro da visão do Senhor.

Por exemplo, se um voo partisse hoje à noite, às vinte horas, do Aeroporto Internacional de Cumbica, com destino para o Céu, a fim de ter um encontro com Jesus, tenho certeza que você não iria perder essa oportunidade de estar lá com Ele por uma hora. E este encontro iria mudar toda sua vida, não é mesmo?

Pois é, mas é possível ter esse encontro com Jesus a qualquer hora que você quiser. Existe o Expresso Aéreo Espírito Santo, que o leva a esse encontro para lhe dar a mente de Cristo. E você adquire essa passagem através da agência do Espírito Santo. Essa é apenas uma metáfora para que você entenda que, por meio de seu relacionamento com o Espírito Santo, você vai receber as bênçãos de Jesus, que mudarão a sua vida.

O entendimento da Verdade o leva à liberdade. Mas cuidado com o que você escolhe no exercício de seu livre arbítrio. Por exemplo, se considerar que a cura não é a Verdade, você não a receberá. A Verdade produz a cura, ela estabelece que a cura é divina. Veja a importância de assimilar isso para que sua vida esteja estabelecida na Rocha. Do contrário, você estará vivendo pelo que vê e não por aquilo que Deus diz, e isso traz consequências para todas as áreas de sua vida.

Então, voltemos ao princípio da oração em línguas, que nos leva à edificação da nossa fé para recebermos tudo o que precisamos. Por meio dessa prática, aprendemos a ouvir Deus. E isso é algo importantíssimo para podermos sair dos problemas. Mas muitos dizem que não conseguem ouvi-Lo: será que não é por que não querem ouvir o que Deus diz? Será que têm medo de mudar o que não convém?  Entretanto, se perseverar orando em línguas, o Espírito Santo o convencerá da Verdade e a libertação virá.

É importantíssimo ouvir Deus para sair dos problemas. Podemos ouvir Deus quando lemos a Bíblia, ou ouvimos um sermão na igreja, ou dentro de nós mesmos. Portanto, persevere na oração buscando a Deus assiduamente e você se tornará íntimo do Senhor. Não se esqueça de que a perseverança faz a diferença.

Então, desejo que você se aperfeiçoe na perseverança, ore em línguas, exerça sua fé e bendiga ao Senhor. Que o seu ano seja abençoado, em nome de Jesus!

Graça e Paz,

         Ana Maria Dias

Print Friendly