Amado(a) Irmão(a),

Na carta deste mês, vamos examinar juntos, as Escrituras, para sabermos o que devemos fazer para garantir nossas bênçãos. Vamos começar lendo Salmos 1:1-3:

Bem-aventurado o homem que não anda no conselho dos ímpios, não se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes, o seu prazer está na lei do Senhor, e na sua lei medita de dia e de noite. Ele é como árvore plantada junto à corrente de águas, que, no devido tempo, dá o seu fruto, e cuja folhagem não murcha; e tudo quanto ele faz será bem sucedido.

Nos versículos acima, a palavra de Deus está dizendo que quem evitar se sentar na roda dos escarnecedores vai receber sucesso em todas as áreas da vida. Imagine você prosperando no casamento, na área financeira, na habilidade de ser pai, mãe, marido ou esposa, ou seja, prosperando em tudo e em todos os aspectos.

A Palavra de Deus é clara quando diz que não devemos nos associar a quem não está alinhado à Palavra de Deus. Entretanto, quantas pessoas estão dentro das igrejas dando conselhos de ímpios, incitando os outros a, por exemplo, processar pessoas ou agir por meio de vingança? Deus diz para evitarmos entrar em concordância com essas pessoas, só então seremos abençoados.

Em Salmos 34:8, está escrito:

Oh! Provai e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nele se refugia.

“Refugiar-se” pode ser entendido como “confiar”. Muitos dizem confiar no Senhor, mas apenas quando estão na tribulação. Quando não precisam, esquecem o relacionamento com Deus e confiam em seu próprio entendimento. É melhor confiar e ter fé em todos os momentos, isso é refugiar-se no Senhor. E é quando chegamos nesse lugar de confiança que criamos a condição de ser abençoados.

Vamos agora para Salmos 40:4:

Bem-aventurado o homem que põe no Senhor a sua confiança e não pende para os arrogantes, nem para os afeiçoados à mentira.

Nessa passagem, novamente vemos que, se pusermos nossa confiança em Deus, seremos abençoados. Confiar em Deus é uma escolha e temos muito o que aprender  sobre isso.

Em Salmos 84:4-5, está escrito:

Bem-aventurados os que habitam em tua casa; louvam-te perpetuamente. Bem-aventurado o homem cuja força está em ti, em cujo coração se encontram os caminhos aplanados.

Deus Pai quer ter conosco um relacionamento de pai e filho, da mesma forma que os pais terrenos querem os filhos por perto (mesmo quando estão longe, ainda assim fazem parte da família, mas os pais querem os filhos ao redor). Nos versículos acima, a Palavra diz que se ficarmos perto do Pai Celeste, seremos abençoados. Então, devemos praticar a oração para ficarmos sempre perto de Deus.

Observe agora Salmos 94:11-12:

O Senhor conhece os pensamentos do homem, que são pensamentos vãos. Bem-aventurado o homem, Senhor, a quem tu repreendes, a quem ensinas a tua lei.

Vemos que mesmo na correção há bênçãos. A correção de Deus não machuca e nem dói, mas dá descanso no dia da adversidade. Então, aceite a correção do Senhor, pois assim você será abençoado e terá a proteção do Altíssimo contra o mal.

Veja o que dizem os versículos 1 a 3 de Salmos 112:

Aleluia! Bem-aventurado o homem que teme ao Senhor e se compraz nos seus mandamentos. A sua descendência será poderosa na terra; será abençoada a geração dos justos. Na sua casa há prosperidade e riqueza, e a sua justiça permanece para sempre.

Se tivermos um relacionamento bom com Deus e ficarmos em Sua Presença enquanto O louvamos, seremos muito abençoados, bem como nossa família.

Agora, passemos aos versículos 33 e 35 de Provérbios 8:

Ouvi o ensino, sede sábios e não o rejeiteis. Feliz o homem que me dá ouvidos, velando dia a dia às minhas portas, esperando às ombreias da minha entrada. Porque o que me achar, achará a vida e alcançará o favor do Senhor.

Veja a importância de ouvirmos o que Deus diz! Não devemos recusar jamais as suas instruções. Assim, aprendemos dia a dia a andar em confiança e, com paciência, aguardar as suas bênçãos. O sábio de coração não recusa as instruções de Deus e sabe ouvi-Lo, e assim tem o favor de Deus na vida. Andar com Deus traz a proteção do Senhor, mesmo durante os ataques do diabo.

Agora vejamos o que está escrito em Mateus 6:33:

Buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas.

Para chegarmos nessa condição em que as bênçãos de Deus são acrescentadas em nossas vidas, a orientação é buscar o Reino de Deus, sempre, em primeiro lugar. Ou seja, o nosso relacionamento com Deus precisa ser prioridade em nossas vidas.

Para finalizar, vejamos o ensino em Tiago 1:22-25:

Tornai-vos, pois, praticantes da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos a vós mesmos. Porque, se alguém é ouvinte da palavra e não praticante, assemelha-se ao homem que contempla, num espelho, o seu rosto natural; pois a si mesmo se contempla, e se retira, e para logo se esquece de como era a sua aparência. Mas aquele que considera, atentamente, na lei perfeita, lei da liberdade, e nela persevera, não sendo ouvinte negligente, mas operoso praticante, esse será bem-aventurado no que realizar.

A maior bênção que podemos receber é sentar no colo do Pai e escutar o coração Dele batendo, dizendo o nosso nome, ensinando, orientando, mostrando para nós como praticar a Palavra. Ô, glória, isso é garantia de bênção!

Então, querido amigo, querida amiga, você já se encheu de coragem e desejo de ter essa comunhão com seu Pai Celeste? Você quer confiar Nele e receber tudo o que você precisa? Busque esse tempo sozinho para ler e meditar na Palavra e orar em línguas, e assim, os desejos do seu coração serão atendidos.

Graça e Paz, Ana Maria Dias

Print Friendly