Amado(a) Irmão(a),

Mais do que nunca precisamos atentar ao que Jesus diz para estarmos protegidos e guardados contra as astúcias e enganos do diabo. Em Mateus 10-16, Jesus afirmou:

 […] sede, portanto, prudentes como as serpentes e símplices como as pombas.

Você entende esse conselho? Jesus quis dizer que devemos observar e conhecer o inimigo em suas operações. Ele quer que conheçamos a inteligência do diabo e como ele opera. Perceba: apesar de você ter autoridade sobre o poder do inimigo, de nada adiantará você ficar dando golpes no ar, usando a sua energia pessoal e andando no caminho errado.

 

Veja o que o apóstolo Paulo diz em I Coríntios 9:26:

Assim corro também eu, não sem meta; assim luto, não como desferindo golpes no ar.

O que Paulo está dizendo é: você não deve tentar vencer a vida com suas próprias forças, pensando que está servindo a Deus, pois essa não é uma forma de servir a Deus. Jesus chamou esse tipo de vida de religião.

É fato que muitos se divertem com o diabo; chamam-no de tonto e desorganizado. E também é verdade que, muitas vezes, ele até se faz de tonto para nos convencer que é burro. Mas atenção: esse pensamento está totalmente errado; o diabo não é burro, e você não o vencerá com suas próprias forças.

Vejamos o que está escrito em Lucas 11:14:

 De outra feita, estava Jesus expelindo um demônio que era mudo. E aconteceu que, ao sair o demônio, o mudo passou a falar; e as multidões se admiravam.

Na sequência desses versículos, Jesus é acusado pelos fariseus de expulsar demônios por meio de Belzebu. Então, Ele explica que o reino de Satanás é organizado e sofisticado em suas operações; é um reino que conta com um arsenal cheio de armamentos para usar contra nós, cujos dardos só podem ser combatidos com a sabedoria de Deus.

Muitos crentes pensam que está tudo terminado quando dizem “Saia, diabo!”, pois apenas estão acostumados com o ato de expulsar os demônios das pessoas, ignorando suas operações, das quais sabem bem pouco.

Assim, precisamos entender que tudo o que o diabo lança contra nós é para nos seduzir em cada passo que damos, até andarmos completamente fora do poder de Deus. E é dessa forma que o diabo consegue neutralizar uma igreja inteira.

 

Pense bem nisso: se Jesus disse que o diabo não pode ficar dividido em seu reino, com seu exército, então Satanás não é tonto e nem incompetente, mas é altamente organizado no que faz. Vamos acompanhar as Escrituras para entendermos o que estou falando. Veja Lucas 11:18:

Se também Satanás estiver dividido contra si mesmo, como subsistirá o seu reino? Isto, porque dizeis que eu expulso os demônios por Belzebu. E, se eu expulso os demônios por Belzebu, por quem os expulsam vossos filhos? Por isso, eles mesmos serão os vossos juízes. Se, porém, eu expulso os demônios pelo dedo de Deus, certamente, é chegado o reino de Deus sobre vós. Quando o valente, bem armado, guarda a sua própria casa, ficam em segurança todos os seus bens. Sobrevindo, porém, um mais valente do que ele, vence-o, tira-lhe a armadura em que confiava e lhe divide os despojos.

O que Jesus está dizendo é: se Ele não expulsa diabos por meio do Espírito Santo, então de onde vem o poder? É claro que vem do Reino de Deus! Pois Satanás não pode expulsar a si mesmo. Jesus estava afirmando que Ele podia fazer isso, mas os fariseus não. Em nome de quem iriam expulsar os diabos? Ele estava dizendo: Eu sou de Deus, por isso posso expulsar diabos.

E Ele continua explicando com mais detalhes a operação do diabo em Lucas 11:24-26:

Quando o espírito imundo sai do homem, anda por lugares áridos, procurando repouso; e, não o achando, diz: Voltarei para minha casa, donde saí. E, tendo voltado, a encontra varrida e ornamentada. Então, vai e leva consigo outros sete espíritos, piores do que ele, e, entrando, habitam ali; e o último estado daquele homem se torna pior do que o primeiro.

Então, quando um espírito imundo é expulso, ele vai para lugares áridos (não se esqueça que a missão dele é possuir as pessoas, escravizando-as), mas o poder das trevas manda esse espírito voltar e ele obedece, levando com ele mais sete.

Mas, pense bem… O que essa pessoa fez para esse espírito voltar e achar a porta aberta? No exemplo que Jesus estava explicando, ficou claro que o homem foi liberto, mas não fez nada para continuar livre; foi por isso que aquele diabo voltou, trazendo mais sete para ocuparem a “casa” novamente.

Saiba de uma coisa: sentir-se bem não é sinal de que o diabo não está atacando. Os planos do diabo são executados periodicamente; quando algo ruim acontece, o crente percebe que é ele, mas não se engane: ele está atacando o tempo todo. Muitos menosprezam o diabo e por isso ele brinca com tal ignorância; pior ainda, muitos pensam que são mais espertos que ele.

Atenção! Não adianta apenas expulsar o diabo das pessoas e se achar bom nisso. Você precisa expulsá-lo de sua própria casa, de sua família, do emprego, das finanças, da sua saúde, mas também ficar atento à sua vida, no dia a dia, para identificar a ação do diabo e então orar e expulsá-lo, até que por meio da fé receba a mudança da situação.

Vamos examinar um pouco Lúcifer antes se ser Satanás. Veja Ezequiel 28:14:

Tu eras querubim da guarda ungido, e te estabeleci; permanecias no monte santo de Deus, no brilho das pedras andavas.

Ele era um querubim ungido, mas, agora, em João 8:44, Jesus o chama de mentiroso:

[…] Quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio, porque é mentiroso, e pai da mentira.

E o que isso significa? Ele falsifica tudo o que Deus fez e faz, mas ele não é Deus; ele foi tirado do lugar da Unção que ocupava e nós fomos colocados num lugar de autoridade que ele nunca teve.

Perceba isso: Lúcifer era um anjo; Ele nunca foi Filho de Deus. Mas ele bem sabe tudo o que Deus fez e declarou sobre a criação. Lúcifer testemunhou isso e teve a ideia de falsificar esses fatos.

Você se lembra de Moisés com Faraó e seus feiticeiros, que fizeram seus cajados se tornarem cobras? (Exôdo 7:10-12) Pois bem, Faraó não ficou nada impressionado, pois estava acostumado com esse tipo de sensacionalismo; por outro lado, a serpente de Deus comeu as serpentes dos feiticeiros.

Satanás sabe como manipular as moléculas e fazer ilusionismo, e o pior é que faz coisas desse tipo nas igrejas hoje também. A Palavra fala em Apocalipse sobre pedras preciosas e ouro, e o que o diabo faz? Para imitar, ele joga pó de ouro, pedrinhas de rubi, óleo escorrendo nas paredes da igreja: tudo como réplica do que é de Deus, com a intenção de nos seduzir e enganar.

Mas veja Colossenses 2:15:

E, despojando os principados e as potestades, publicamente os expôs ao desprezo, triunfando deles na cruz.

Naqueles dias, quando se travava uma batalha, o exército vencedor trazia o general ou o rei derrotado para desfilar em frente do povo, mostrando ao mundo a sua derrota; muitos tinham que desfilar nus, para que a vergonha fosse completa. E foi assim que Jesus derrotou Satanás diante do mundo todo, é o que lemos na citação acima.

Podemos ver mais uns três versículos para efeito de ensino a fim de termos em mente o que Jesus fez. Vejamos, primeiramente, Efésios 1:19-23:

E qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder; o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir não só no presente século, mas também no vindouro. E pôs todas as coisas debaixo dos pés e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas.

Leia também Efésios 2:1-6:

Ele vos deu vida, estando vós mortos nos vossos delitos e pecados, nos quais andastes outrora, segundo o curso deste mundo, segundo o príncipe da potestade do ar, do espírito que agora atua nos filhos da desobediência; entre os quais também todos nós andamos outrora, segundo as inclinações da nossa carne, fazendo a vontade da carne e dos pensamentos; e éramos, por natureza, filhos da ira, como também os demais. Mas Deus, sendo rico em misericórdia, por causa do grande amor com que nos amou, e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo (pela graça sois salvos), e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus.

Vejamos mais esta passagem, em Romanos 8:16-17:

O próprio Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus. Ora, se somos filhos, herdeiros de Deus e co-herdeiros com Cristo; se com ele sofremos, também com ele seremos glorificados.     

Bem, com todos esses versículos em mente, devemos entender que Jesus derrotou totalmente Satanás. O que mais queremos que Ele faça? Não há mais nada a se fazer.

Vou dar um exemplo: dois lutadores de luta livre sobem no ringue e, no primeiro golpe, o melhor deles já derruba o outro com um nocaute. Mas imagine a cena: o derrotado está deitado no ringue, nocauteado, e a plateia continua gritando: “Bata nele, acabe com ele”; mas ele já está derrubado, sem chance de se levantar. Você entende que não adianta a plateia gritar e exigir que se faça mais alguma coisa com ele, porque já está derrotado e sem chance nenhuma de voltar pra luta? Pois é, foi exatamente isso que Jesus fez com Satanás.

Não adianta falar: “Oh, Deus, tira esse diabo da minha casa, do meu trabalho…”. Lembre-se que somos vitoriosos com Jesus e precisamos entender que a vitória é a nossa herança e nada mais vai ser feito para que tenhamos a vitória, pois tudo já foi feito. Muitos agem como se não fossem herdeiros. E o que está nessa herança? A autoridade sobre todo poder do mal e toda a vitória.

Quem não sabe como o diabo age fica sem condição de dominá-lo. Mas existem duas coisas para se andar em vitória:

  • Quanto mais se sabe como Deus age, mais se detecta a ação do diabo.
  • Lembra no começo da carta que se não fechar a porta ele volta? Pois bem, quanto mais se encher de Deus mais difícil ficará para o diabo entrar quando voltar.

Então, quem não usa a Autoridade, abre a porta para o diabo e, quando ele volta, todos ficam surpresos, sem entender o que aconteceu. Mas, graças a Deus, o Espírito Santo nos avisa dos ataques, pois só Ele conhece a mente do diabo e pode nos dizer o que ele está maquinando contra nós.

O que você deve fazer, sem sombra de dúvida, é se preparar espiritualmente, pois Deus já falou que o diabo vai voltar. Vamos ter conflitos, sim, mas Jesus disse que com Ele venceremos.

A escolha é sua de resistir ao diabo ou não. O poder de Deus para ficar livre do diabo pertence àquele que crê e não apenas aos pregadores, pastores, evangelistas, etc. Não importa se é casado ou solteiro, com instrução ou analfabeto, não importa! Quando você fala, o inferno tem que te ouvir, você está com a sabedoria de Deus.

Então, coloque a Armadura de Deus e se fortaleça. Não se esqueça, diariamente, ore muito em línguas e adore o Senhor em particular.

         Graça e Paz,

Ana Maria Dias

Print Friendly, PDF & Email