Amado(a) Irmão(a),

O Senhor disse que seremos vencedores nas batalhas, mas para isso precisamos estar atentos aos Seus ensinos para não sermos enganados e perdermos a guerra. Acontece que ninguém está olhando atentamente para o que está acontecendo nas igrejas comparando com o que as Escrituras dizem, porque não fomos ensinados, no passado, corretamente sobre os fins dos tempos. Jesus disse que sabemos discernir o tempo quando vai chover, mas não sabemos discernir os sinais dos fins dos tempos e disse mais, o ladrão vem à noite e muitos estão despreparados dando exemplo com a parábola das dez virgens, ensinando que dez estarão prontas, mas dez estarão despreparadas.

Com esses ensinos de Jesus, quem será que sabe discernir sobre os tempos se está perto ou não do fim? Jesus enfatizou que é para olharmos mais para a igreja do que para os acontecimentos do mundo. Jesus, também disse que se achará fé quando Ele vier; ele está dizendo que essa fé não é para receber o que precisa, mas se Ele vai achar pessoas que terão como Fundamento a Palavra de Deus em suas vidas; entenda que nascer de novo não é o Fundamento.

Veja, então, o que diz Lucas 6:46 – “Por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que eu vos mando?” E, Jesus continua, nos versículos seguintes, ensinando sobre ter a Palavra como o Fundamento da vida com Deus, e Ele quer dizer que quem não constrói sua vida nele, quando Jesus voltar ele não achará fé. Fé não é simplesmente, “eu creio em Jesus, o Filho de Deus”, fé é dar um passo adiante e aplicar a Palavra na vida, é viver nela. Pois bem, essa é a fé que Jesus procura em nós, os que nascemos de novo.

A Bíblia diz que até os demônios creem e tremem, então não é somente crer que Jesus nasceu de Maria.

Nós, cristãos, precisamos viver intensamente a Palavra de Deus e buscar a santificação de nossas vidas, pois, tem muitos cristãos que estão tão acostumados com a sociedade, que nem ficam chocados com o que está acontecendo no meio dela, estão se adaptando aos poucos com suas atitudes pecadoras. Existe uma advertência na Carta aos Romanos 1 e 2, Deus deixa bem claro que as pessoas que praticam tais atos estão mortos espiritualmente e os que aprovam são tão culpados quanto os que praticam. Claro que o mundo não aceita o que Deus diz, mas o pior é o Corpo de Cristo que nem fica chocado com tais pecados, isso porque tomaram a pílula da falta de compromisso. As consciências estão num processo de não sentirem dor nenhuma, já não se incomodam mais de não se arrependerem diante de Deus como deveriam. Pois é, esses pecados incomodam Deus, mas não aos cristãos.

Imagina se você lesse a Bíblia para os que se dizem cristãos sobre a opinião de Deus quanto ao pecado, com certeza você estaria arrumando inimigos, e eles pensariam: “quem é você para criticá-los”; Jesus enfrentou o mesmo problema com os fariseus e os líderes religiosos que tinham a Lei nas mãos, nos seus ensinos, Jesus mostrava para eles que tinham distorcido o significado da Lei e por isso, entravam em choque toda vez que Jesus os ensinava. Do mesmo modo, os cristãos estão distorcendo o que é a graça e a Palavra de Deus. Tem cristãos que votam em políticos que aprovam leis contra a Palavra de Deus, e por aí se vai.

Veja Mateus 10:34 – “Não penseis que vim (Jesus) trazer paz à terra; não vim trazer paz, mas espada.” Devemos entender que o julgamento de Deus é baseado no que fazemos com a Palavra de Deus. Quando as pessoas não veem erro no que Deus fala que está errado, é porque a consciência já está cauterizada.

Veja o que Jesus disse em Mateus 10:5-8,14-15 – “Aos doze apóstolos, enviou Jesus, dando-lhes as seguintes instruções: Não tomeis rumo aos gentios, nem entreis em cidade de samaritanos; mas, de preferência, procurai as ovelhas perdidas da casa de Israel; e, à medida que seguirdes, pregai que está próximo o reino dos céus. Curai enfermos, ressuscitai mortos, purificai leprosos, expeli demônios; de graça recebestes, de graça dai… Se alguém não vos receber, nem ouvir as vossas palavras, ao sairdes daquela casa ou daquela cidade, sacudi o pó dos vossos pés. Em verdade vos digo que menos rigor haverá para Sodoma e Gomorra, no Dia do Juízo, do que para aquela cidade.” Quando Jesus diz que se não ouvissem os que eles dissessem, ele estava dizendo que tais palavras eram as que Ele tinha ensinado e, eles ao fazerem, exatamente o que Jesus ordenou, no caso de serem rejeitados, a culpa não cairia sobre eles e sim nos que não quiseram ouvir.  Então, Jesus estava figuradamente falando dos fins dos tempos, ele alerta para o futuro, para os dias de hoje também, Ele mostrou o que estaria acontecendo nos dias de hoje.

Observe Mateus 24:3-4 – “No monte das Oliveiras, achava-se Jesus assentado, quando se aproximaram dele os discípulos, em particular, e lhe pediram: Dize-nos quando sucederão estas coisas e que sinal haverá da tua vinda e da consumação do século. E ele lhes respondeu: Vede que ninguém vos engane.” Jesus está falando para observarmos, muito mais o que está acontecendo nas igrejas do que no mundo. Observe que as igrejas ensinam mais sobre o anticristo, sobre a marca da Besta, em vez de ensinar o que está acontecendo dentro das igrejas, à Luz do Evangelho, de onde vem todos os enganos doutrinários. Se tem algo que Deus não aceita, é a doutrina errada, para isso não tem perdão, veja como são as suas correções lendo os Evangelhos, ao ensinar a liderança religiosa.

Ninguém pode dizer que não entende o que Jesus está dizendo. Fica claro que Ele diz que quando Ele voltar a situação da igreja vai estar muito difícil e quem não perseverar no compromisso com a Verdade não será salvo.

Vamos ver algumas Escrituras para reafirmar nosso compromisso com ela. Apocalipse 2:7,11,17,26-29 – “Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei que se alimente da árvore da vida que se encontra no paraíso de Deus. v.11 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: O vencedor de nenhum modo sofrerá dano da segunda morte. V.17 Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas: Ao vencedor, dar-lhe-ei do maná escondido, bem como lhe darei uma pedrinha branca, e sobre essa pedrinha escrito um nome novo, o qual ninguém conhece, exceto aquele que o recebe. V.26-29 Ao vencedor, que guardar até ao fim as minhas obras, eu lhe darei autoridade sobre as nações, e com cetro de ferro as regerá e as reduzirá a pedaços como se fossem objetos de barro; assim como também eu recebi de meu Pai, dar-lhe-ei ainda a estrela da manhã. Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas.” Veja quantas promessas maravilhosas o Senhor concederá aos que vencerem, vivendo dentro da Palavra.

E, eu lhe pergunto: quando foi a última vez que alguém falou para você vencer, continuar perseverando na Palavra, mesmo nas horas difíceis?

Venho lhe encorajar a buscar Deus o quanto você puder e passar tempo com Ele em adoração, com a Palavra e oração em línguas para que você tenha a revelação e entendimento do que Deus quer para a sua vida. Não se esqueça que Deus não falha nunca. Jesus disse: o Céu e a Terra passarão, mas as minhas palavras não passarão!

Graça e Paz!

Ana Maria.

Print Friendly, PDF & Email