DAVE ROBERSON

Abril – 2014

Querido Amigo,

Durante todos os meus anos de ministério, muitas pessoas vieram me perguntar como aprender a seguir a liderança do Espírito Santo em suas vidas. Sempre lhes digo que um dos passos mais importantes para aprender a ser guiado por Ele é tornar-se sensível às maneiras através das quais Ele Se comunica conosco.

Muitos anos atrás, uma outra pessoa me disse: “Deus me disse para ir à barbearia e testemunhar ao barbeiro enquanto corta o meu cabelo. Mas, tem um problema – é que a barbearia estava fechada quando cheguei lá! Você pode me dizer por que Deus me mandou para lá?”

“Claro que posso”, respondi. “Deus NÃO mandou você ir à barbearia. Ele não Se engana. Ele sabe quando a barbearia está aberta e quando ela está fechada e Ele não teria mandado você lá com instruções que você não poderia executar!”

Consequentemente, posso dizer que durante o processo de aprender a ser guiado pelo Espírito, muitos de nós cometemos erros parecidos. Mas Deus nunca comete tais enganos. Ele não diz simplesmente, “Essa pessoa não ouviu a Minha instrução corretamente. Que pena!” Não, Ele não desiste de nós, mas espera que O conheçamos melhor e aprendamos a andar com Ele, reconhecendo Sua voz.

A verdade é que Deus quer muito nos direcionar em nossa vida. Aliás, Ele nos ensina como andar em um lugar com Ele, onde recebemos respostas instantâneas para nossas necessidades diárias. Isso acontece tão simplesmente quando dizemos, “Pai, o que Você quer que eu faça?” Não existem atalhos para estabelecer esse tipo de relacionamento próximo e íntimo, mas existe uma chave que cada um de nós precisa ter – manter um estilo de vida de comunhão com Ele.

Veja, nosso Pai tem um plano, um propósito e uma vontade para todas nossas vidas e Ele estabeleceu um caminho perfeito para seguirmos, a fim de terminarmos nosso percurso com sucesso. Todas as vezes que entregamos nossa vontade à liderança do Seu Espírito, Ele nos guia nesse caminho que nos leva a tudo que Jesus disponibilizou a nós na Cruz. Essa é uma jornada de intimidade e comunhão com Deus e um andar poderoso no espírito.

Uma coisa que precisamos entender, contudo, é que a liderança do Espírito Santo em nossa vida é algo que cresce. Ela não é um pensamento passageiro ou uma leve impressão – somos valiosos demais para Deus. Não devemos dizer, “Hoje sei o que devo fazer” e amanha dizer “Não tenho ideia do que fazer” – a liderança de Deus não muda como nossos sentimentos.

Deixe-me lhe dizer que mesmo que nossas emoções sejam inconstantes, Deus não é. Sua vida vale muito mais do que uma liderança instável. A direção do Pai cresce como uma árvore e apesar de parecer lenta no início, tudo o que precisamos fazer é continuar regando a semente da comunhão com Ele através da oração em línguas, meditação na Palavra, passando tempo na Presença Dele, etc, e logo teremos uma grande árvore com muitos frutos. Por quê? Porque quanto mais tempo você passar com Ele, mais você O conhecerá e entenderá como Ele Se comunica.

“Mas eu estou numa situação de crise! Eu não posso esperar tanto para saber o que fazer!”

Deus sabe tudo sobre todas as situações que estamos enfrentando. Contudo, Ele pode querer colocar o foco sobre o que nos levou àquela confusão. Às vezes existe uma mudança que precisa acontecer em nossa vida para que a verdadeira vitória de Jesus possa se manifestar.

Deixe-me dizer que não estou falando de nada que vá contra a Palavra de Deus. Toda liderança do Espírito tem base no fundamento da rocha da Palavra e o Espírito Santo nunca nos guia contra a Palavra – pois o Espírito e a Palavra estão sempre de acordo.

Veja, por exemplo, a promessa da cura. Não existe nenhuma mudança que precise acontecer PRIMEIRO para que a cura de Deus se manifeste em nossa vida. Jesus curou todas as pessoas que vieram até Ele, sem nunca precisarem mudar seu comportamento antes de receberem o milagre.

Portanto, podemos falar diretamente com a enfermidade, dor e doenças, ordenando que saiam em Nome de Jesus, pois Jesus recebeu em Seu corpo toda forma de doença; Ele levou sobre Si toda forma de punição e dor, derrotando tudo quando sofreu em nosso lugar – e agora podemos andar em saúde completa.

E lemra o diabo e nosso corpo contestem essa verdade, precisamos crer no que Deus disse. Às vezes é necessário confessar a Palavra até que a verdade vá da nossa cabeça ao nosso coração, para que acreditemos no que Deus disse mais do que nos “fatos” e circunstâncias.

Isaías 53:5 diz, Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e esmagado por causa das nossas iniqüidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados. E Salmos 103:2,3 também diz: Bendize, ó minha alma, ao Senhor, e não te esqueças de nenhum dos seus benefícios. É ele quem perdoa todas as tuas iniqüidades, quem sara todas as tuas enfermidades.

Nos Evangelhos, vemos momentos em que Jesus curou certas pessoas e DEPOIS lhes deu instruções para que nada pior lhes sobreviesse. Dependendo de nossa situação, o Senhor talvez faça o mesmo conosco.

Nosso Pai gosta de trabalhar na raiz dos problemas. Ele quer nos mostrar como evitar áreas problemáticas antes que as encontremos e como resolver problemas que nós mesmos causamos. Portanto, grande parte de Sua liderança em nossa vida tem a ver com os passos necessários para nosso crescimento espiritual e maturidade, a mortificação de coisas em nossa alma que não se alinham à Sua Palavra, nosso caminhar no amor, etc.

A maioria de nós, por exemplo, já sentiu a dificuldade de pressões financeiras – momentos em que dizemos, “Se eu tivesse um tanto de dinheiro, todos esses problemas seriam resolvidos”. Mas você sabia que nem todas as crises financeiras são causadas por problemas financeiros? Às vezes a pessoa pode estar sofrendo os efeitos de um descontrole de gastos – porque gasta dinheiro em tudo o que quer e não cuida de suas necessidades e responsabilidades.

Enquanto essa pessoa não lidar com esse vício de gastar, não importará quanto dinheiro ela recebe, não haverá mudança, pois ela voltará a ter o mesmo problema. Contudo, a resposta é a mesma, tanto para o “Sr. Responsável” quanto para o “Sr. Irresponsável”, cujas prioridades financeiras se encontram apenas em gratificações imediatas. Se ambos continuarem a ter comunhão com o Senhor – orando em línguas, jejuando, lendo a Palavra e adorando – o Espírito Santo poderá revelar a fonte de seus problemas e lhes ajudar a vencê-los passo a passo.

Nenhum de nós gosta de ter crises, mas por vezes quando as tempestades vêm trazem com elas circunstâncias adversas que fogem ao nosso controle. No entanto, mesmo em meio a momentos difíceis, precisamos buscar o Senhor, entrando em Sua Presença e usando as chaves que recebemos. Isso porque independente do que esteja acontecendo ao nosso redor, se continuarmos a regar a semente da comunhão, Sua direção crescerá em nosso espírito e o que recebermos será transferido para nossa alma – e, então, saberemos exatamente o que fazer. Assim, quando obedecermos às direções de Deus, poderemos ter certeza de que Ele fará com que Seus propósitos, desejos e planos para nossa vida aconteçam. Esse é o fruto de uma vida guiada pelo Espírito e começa quando entendemos as formas pelas quais Ele Se comunica.

Vamos examinar as quatro formas que Deus usa para Se comunicar com Seus filhos. Primeiramente, Ele usa o testemunho interior. Quando o Espírito Santo Se comunica pelo testemunho interior, Ele serve de testemunha da verdade a respeito de qualquer situação. Algumas pessoas descrevem o testemunho interior como um “conhecimento específico” em seu espírito. Elas dizem que de repente sabem qual decisão devem tomar ou que se sentem guiadas a tomar uma certa direção através da paz de Deus em seu espírito.

Também há momentos em que o Espírito Santo Se comunica conosco pelo testemunho interior e sentimos um alerta – uma hesitação, interrupção de paz – em nosso espírito. Quando isso acontece, Ele está nos alertando, pois estamos tomando um passo na direção errada, distraindo-nos com um problema ou obstáculo, etc.

Em segundo lugar, o Espírito Santo Se comunica conosco quando literalmente fala com nosso espírito em nossa língua nativa. Na maioria das vezes, quando Ele fala com nosso espírito, Ele usa uma voz doce e calma que ouvimos com nossos ouvidos espirituais. Com o passar do tempo, aprendemos cada vez mais como distinguir Sua voz de outras vozes em nossa vida que tentam dominar – como o mundo, o diabo e nossos desejos carnais.

O Espírito Santo também pode falar conosco através de uma voz audível que é tão alta e clara que parece vir de uma pessoa física ao nosso lado; podemos ouvi-la com nossos ouvidos físicos. Contudo, essa voz ainda é Deus falando conosco de Seu Espírito para nosso espírito.

A terceira maneira pela qual o Espírito Santo Se comunica é por visões ou sonhos. Às vezes, quando estou fluindo no Espírito, ensinando a Palavra de Deus, Ele me mostra uma visão relacionada à pessoa a quem estou ministrando. Recebo uma visão da anatomia da pessoa como um raio X; vejo o problema em seu corpo. Durante esses momentos, sei que o Espírito Santo está me mostrando o que e como orar para aquela pessoa.

Deus também já usou visões para me dar revelações. Há muitos anos, Ele me deu uma visão de ensinamento para me mostrar como o Espírito Santo transfere sua linguagem sobrenatural das línguas para o meu espírito. Na visão, pude ver o homem exterior e o homem interior. Meu homem exterior – o homem carnal – era s silhueta mais escura de todas. Minha alma – mente, vontade, intelecto e emoções – era de uma cor mais clara e meu espírito era totalmente iluminado. Vi o Espírito Santo literalmente criando e trazendo à existência Sua língua sobrenatural na minha mente espiritual, que estava contida dentro da mente natural do homem exterior.

Percebi através dessa visão que o canal que o Espírito Santo usa para criar a linguagem das línguas em nosso espírito é o mesmo canal que Ele usa para Se comunicar conosco. Portanto, quanto mais tempo passamos orando no Espírito Santo, mas familiarizados nos tornaremos com Seu canal de comunicação e mais fácil será reconhecer quando Ele está falando.

A quarta maneira pela qual o Espírito Santo Se comunica conosco é pela própria revelação. Talvez um dia você esteja andando sem pensar em nada importante, e de repente, Deus transfere uma revelação ao seu espírito. A revelação pode ser um mistério de Cristo em nós – a esperança da glória, ou uma direção específica sobre seus negócios, sabedoria para vencer uma situação, etc. De repente, por revelação, você saberá o que fazer, mesmo que não saiba exatamente como recebeu esse entendimento.

Já recebi revelações que duraram apenas segundos em meu espírito e levaram três meses para serem pregadas. Deus gosta de Se comunicar com Seus filhos desta forma, pois nosso espírito é capaz de receber e operar em um nível mais alto com Ele.

Digamos, por exemplo, que você tem passado por um problema em sua empresa e não sabe o que fazer, então tem passado grande quantidade de tempo orando no Espírito Santo e meditando na Palavra. De repente, um dia, a revelação explode dentro de você e você exclama: “Meu Deus! Sei exatamente o que fazer durante os próximos dez anos!” A revelação veio em meio segundo, mas demorará quinze anos de reuniões para você explicar o plano aos seus colegas de trabalho. Por quê? Porque seu espírito precisa transferir a revelação passo a passo à sua alma, para que sua mente natural entenda o que deve fazer.

Seja através do testemunho interior, da nossa língua nativa, visões, sonhos ou revelações, Deus sempre Se comunica conosco através do mesmo canal em nosso espírito. Sua liderança em nossa vida cresce junto com nosso relacionamento com Ele – razão pela qual estabelecer uma vida de oração e comunhão é tão importante.

Vamos passar bastante tempo regando a semente da comunhão através da oração em línguas, adorando, meditando e confessando a Palavra, jejuando e esperando no Senhor, colaborando com o Espírito Santo. Ele será fiel e construirá um fundamento poderoso debaixo de nossos pés. Ele é o nosso Auxílio que vai adiante, operando o plano do Pai em nossa vida e nos guiando para superar os obstáculos em nosso caminho. Ele nos levará a toda a verdade, trará nosso crescimento e maturidade e nunca nos abandonará.

Você vai ser muito feliz por ter iniciado essa jornada dentro do conhecimento de tudo que Deus é!

Seu colaborador,

DAVE ROBERSON

Print Friendly, PDF & Email