DAVE ROBERSON

 

Novembro – 2017

 Querido Amigo,

Parece que o avivamento tem sido um desejo de meu coração desde que comecei no ministério. Mas, embora muitos de nós compreendamos o conceito de avivamento, nós não estamos tão certos do que acarreta um avivamento. E mesmo se soubéssemos, estaríamos desejando dar nossas vidas e pagar o preço para ajudar fazer com que o avivamento aconteça?

A pior coisa que podemos fazer em nossa busca pelo avivamento é menosprezar nosso inimigo, especialmente na área do engano. Se cometermos tal erro e permitir que sejamos enganados, podemos nos achar fechados em circunstâncias que são erradas e até mesmo com a falta de desejo ou vontade de ficarmos livres deles.

Por exemplo, considere a condição espiritual que você estaria se tivesse nascido em um país do Oriente Médio. Provavelmente, você seria um muçulmano. Você estaria sem Deus, totalmente escravizado por um sistema de pensamentos que o poriam em uma prisão – uma prisão mais forte e mais real do que as barras de aço que encarceram os seres humanos na ala de segurança máxima. No entanto, você não iria querer sair daquela prisão porque você seria uma vítima do engano.

Mesmo no cristianismo, no nível em que muito de nós andamos, definimos quem é Deus  pela soma total de nossos pensamentos que nos faz do jeito que somos – sejamos nós Batistas, Ultra-santos, ou aqueles que falam a Palavra. O diabo sabe que a Palavra de Deus é o único modelo pelo qual podemos julgar a verdade. Portanto, ele trabalha em nossos pensamentos sufocando, pervertendo e roubando a Palavra de nós. Se ele tiver sucesso, a prisão que ele construirá em nós – mesmo que não seja nada mais do que pensamentos em nossas mentes – poderá ser mais forte e mais permanente do que se estivéssemos, literalmente, presos atrás daquelas barras de aço.

O único meio em que podemos ter certeza de que nossas vidas estão de acordo com Deus é se as julgarmos de acordo com as verdades que estão na Santa Palavra de Deus, a Bíblia. Mas, mesmo assim devemos ter muito cuidado. O diabo é muito religioso, dando poderes e dominando religiões no mundo, tais como Budismo, Islamismo e o Movimento da Nova Era. Uma de suas estratégias favoritas é pegar a verdade parcial e construir uma religião toda ao redor dela. Ele gosta muito de usar esta especial habilidade contra os cristãos.

Deixe-me ajudá-lo a entender o quão perigoso é o inimigo quando ele vem com esta estratégia do engano. A próxima vez em que você estiver dirigindo, dê uma olhada ao redor para ver quantas igrejas você pode apontar que baseiam seu sistema inteiro de crença doutrinal na Bíblia, mesmo que não concordem com os ensinos das outras igrejas as quais também são baseadas na doutrina da Bíblia.

Quero agora, então, levá-lo a um pequeno ensino de como se fortalecer contra o engano através do estudo e meditação. Junto com o estudo e meditação em assuntos específicos na Bíblia, tais como, fé, justificação, salvação e assim por diante, desenvolva um hábito de ler a Palavra de Deus do começo ao fim, pelo menos uma vez a cada três ou quatro anos. Acrescentando a isto, eu o exorto a ler o Novo Testamento, de Mateus até Apocalipse, pelo menos uma vez por ano, se você dividir a leitura de aproximadamente dois livros do Novo Testamento por mês.

Seu compromisso de ler a Bíblia deste modo permitirá ao Espírito Santo formar um delineamento completo das Escrituras em seu espírito – uma incorporação do que a total Palavra de Deus diz pela apresentação de seus versículos, capítulos e livros. Você começará a obter revelação que por todas as várias partes da Bíblia estão pinceladas pelo mesmo pincel que está pintando o mesmo quadro. Também, você estará armando seu espírito com bocados e pedaços de informações de todo o Novo Testamento. O Espírito Santo poderá então usar esta informação para trazer em foco específicas escrituras ou assuntos que antes você não entendia.

Por você ler o Novo Testamento repetidas vezes, o máximo possível, não levará muito tempo para que o conteúdo todo seja trazido dentro de uma perspectiva divina a você. Isto o ajudará imensamente a sustentá-lo contra o engano e o entendimento incorreto da Bíblia.

Por que eu estou enfatizando nossa necessidade de nos equipar deste jeito contra o engano que são as estratégias do inimigo? Porque é imperativo que você entenda a guerra que Satanás declarou sobre os santos, ou seja, às nações. Suas vitórias produzem resultados nas vidas das pessoas que são muito mais cruéis e sádicos do que perder um carro por falta de pagamento ou possivelmente a epidemia de uma doença.

As vitórias do diabo são melhores reconhecidas quando nações inteiras e denominações são separadas da verdade. Quando isto acontece, as pessoas andam em vão por aí nas trevas, crendo na mentira que estão servindo a Deus ou fazendo alguma coisa para Deus, quando na verdade esta mentira os leva apenas para a condenação eterna. É por isso que você e eu devemos ouvir muito, muito cuidadosamente quando o Apóstolo Paulo começa a dar instruções sobre o que devemos saber dos ataques de Satanás com relação ao engano na Igreja.

Uma vez enquanto estava orando no Espírito Santo, Ele começou a comunicar mistérios ao meu espírito que clareou muitas coisas para mim, com respeito ao avivamento e a operação do Corpo de Cristo. Ele me ajudou a entender como o diabo opera para derrotar as pessoas em cada nível.

SAIBA QUE PARA CADA OPERAÇÃO QUE DEUS COLOCOU NO CORPO DE CRISTO, SATANÁS PROVEU UMA OPERAÇÃO FALSIFICADA DE SI MESMO. Eu a chamo de “Máquina de Guerra de Satanás”.

Primeira Coríntios 12:28 fala sobre as operações que Deus colocou na Igreja:

A uns estabeleceu Deus na igreja, primeiramente, apóstolos; em segundo lugar, profetas; em terceiro lugar, mestres; depois, operadores de milagres; depois, dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

 Efésios 6:12 nos mostra a simulação de Satanás:

Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e sim contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.

 

JESUS – SALVADOR SATANÁS – ENGANADOR
Cabeça da Igreja, o Corpo de Cristo Cabeça de todos os espíritos malignos
1. Apóstolo, profeta, mestre Oposto: Principados
2. Operadores de milagres e dons de curar Oposto: Potestades
3. Socorros e governos Oposto: Dominadores deste mundo tenebroso
4. Variedades de línguas, a última operação Oposto: Forças espirituais do mal nas regiões celestes

 

  1. Apóstolo, Profeta, Mestre: Do mesmo modo que Jesus liberou a Palavra de Deus aos apóstolos, profetas e mestres para estabelecer toda a lei do Novo Testamento, Satanás estabeleceu sua doutrina com os PRINCIPADOS diretamente sob seu comando. Estes principados são os chefes braço direito de Satanás e são colocados estrategicamente sobre diferentes regiões do mundo. Eles são comandados por Satanás para doutrinar suas partes específicas do mundo, com uma maneira específica de pensar, geralmente religiosa (por ex. o PRÍNCIPE DA PÉRSIA, o dominador satânico sobre a Pérsia.)

Você já pensou por que todas as pessoas do Mundo Oriental pensam basicamente do mesmo jeito? Por este motivo, por que as pessoas no mundo Islâmico têm o mesmo jeito de pensar? Por que as nações Africanas todas pensam daquele jeito? E a “Nova Era” com um pensamento que impregnou o mundo Ocidental? Nenhum destes exemplos é mera coincidência; eles são todos causados pela influência dos principados de Satanás.

  1. Operadores de Milagres e Dons de Curar: Assim como Jesus estabeleceu as operações de milagres e dons de cura no Corpo de Cristo, Satanás proveu as falsificações – os sinais de mentira e prodígios nos quais o apóstolo Paulo chama de POTESTADES. Estas “potestades” estão em segundo lugar somente com relação aos principados e são apenas para ajustar cultos com sinais e prodígios da mentira, tais como no caso dos feiticeiros de Faraó, ou com manifestações de estigmas, dando credibilidade aos erros doutrinários que pervertem o Evangelho.
  2. Socorros e Governos: A reprodução de Satanás para a operação de socorros e governos são os DOMINADORES DESTE MUNDO TENEBROSO. Socorros e governos ajudam no financiamento e administração do funcionamento das igrejas e ministérios para assegurar que as instruções da Cabeça da Igreja estejam sendo realizadas nos mínimos detalhes. Do mesmo modo, os dominadores deste mundo tenebroso estão organizados e estrategicamente colocados sobre as cidades e áreas para assegurarem que as instruções de Satanás estejam vindo através do comando da corrente demoníaca, para que sejam realizadas em seus mínimos detalhes.

A palavra “trevas” se refere às multidões de pessoas cujas mentes estão alienadas das verdades do Evangelho pelo sistema de pensamentos do anti-Cristo. Estes sistemas de falsas crenças instruem as pessoas a tudo desde o ateísmo ao mormonismo, tirando-as da luz do Evangelho.

Segunda Coríntios 4:3,4 fala sobre este processo de Satanás de ensino falso:

Mas se o nosso evangelho ainda está encoberto, é para os que se perdem que está encoberto,

Nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus.

Estes dominadores das trevas residem sobre cidades e regiões inteiras, assim como sobre certas denominações. Eles literalmente montam guarda sobre os sistemas de pensamentos que mantém os homens presos pelas trevas, guardando-os contra qualquer invasão da luz que possa vir através da pregação do Evangelho e através de sinais poderosos e prodígios. Existem muitos destes dominadores das trevas que parecem ter o posicionamento de uma cobertura contra a invasão mais remota.

  1. Variedade de Línguas: A reprodução de Satanás para a oitava operação de Deus, a qual é a variedade de línguas, é a disposição das FORÇAS ESPIRITUAIS DO MAL NAS FORÇAS CELESTES. Deixe-me explicar por que isto é assim. A frase “lugares celestes” fala sobre o ar que respiramos abaixo do nível das montanhas. Em outras palavras, não está se falando sobre o terceiro céu a que Paulo foi levado quando ouviu palavras que não se repetem, como ele relatou em Segunda Coríntios 12:2,4:

Conheço um homem em Cristo que, há catorze anos, foi arrebatado até ao terceiro céu (se no corpo ou fora do corpo, não sei, Deus o sabe)

Foi arrebatado ao paraíso e ouviu palavras inefáveis, as quais não é lícito ao homem referir.

 “Lugares celestes” referem-se ao primeiro céu – o que está ao nível direto com a humanidade. Certamente, neste âmbito natural, não há nada mais perto do que o ar que respiramos!

Assim, o termo “forças espirituais nas regiões celestes” está literalmente falando sobre a operação dos espíritos malignos em um nível direto com a humanidade. Estes são os demônios que vêm em contato com os seres humanos na vida diária para doutrinar, possuir, atormentar, preocupar, angustiar, afligir, seduzir, enganar e substituir a liderança do Espírito Santo.

Sabemos que o batismo do Espírito Santo coloca a operação do Espírito Santo em um nível pessoal com os seres humanos para guiar e instruí-los dentro de toda verdade. Da mesma maneira, Satanás já enviou milhares de espíritos malignos para tentar operar em um nível pessoal com os seres humanos. Estes espíritos malignos estão direcionados para doutrinar os seres humanos contra o conhecimento de salvação de Cristo, usando qualquer maneira disponível – guerras, desejos, assassinatos, homens “santos” de religiões orientais, pensamentos que não estão cativos ao conhecimento de Deus.

Estes espíritos malignos ou demônios estão se exaltando continuamente contra o conhecimento de Deus. Eles recebem instruções através da cadeia de comando que se origina em Satanás, que é o deus deste mundo ou o deus dos sistemas mundanos.

  1. Satanás dá suas instruções aos PRINCIPADOS.
  2. Os principados, então, instruem as POTESTADES.
  3. As potestades instruem OS DOMINADORES DESTE MUNDO TENEBROSO.
  4. Os dominadores deste mundo tenebroso, então, instruem AS FORÇAS ESPIRITUAIS NAS REGIÕES CELESTES, que por sua vez tentam instruir e doutrinar os homens a se envolverem nas trevas e no engano de seus pensamentos.

Em Segunda Coríntios 10:3,4, Paulo fala sobre a guerra espiritual que temos que travar se quisermos evitar a armadilha de engano de Satanás:

Porque, embora andando na carne, não militamos segundo a carne.

Porque as armas de nossa milícia não são carnais, e sim poderosas em Deus, para destruir fortalezas, anulando nós sofismas.

 Então, no versículo 5, Paulo revela a identidade destas fortalezas invisíveis e também  como lidar com elas:

E toda altivez [raciocínio] que se levante contra o conhecimento de Deus, e levando cativo todo pensamento à obediência de Cristo.

 Já houve muita confusão no Corpo de Cristo sobre a destruição de fortalezas. É claro que eu agradeço a Deus por qualquer grupo de crentes que deseja ver o avivamento vir a sua cidade ou igreja. Eu sei que muitos de nós estamos conscientes, especialmente nos Estados Unidos, que não estamos vendo salvações que uma vez tomaram conta desta nação. Por esta razão, não estamos vendo também aquelas cruzadas de grandes milagres e curas que produziam a salvação de multidões.

Mas para trazer o avivamento, alguns crentes levam sua responsabilidade de lidar com “as forças espirituais nas regiões celestes” ao extremo. Eles vão até cidades de avião, sobem ao topo de um prédio bem alto e usam balões de ar quente, pensando que serão mais eficientes se amarrarem as estratégias do diabo em um lugar alto.

Mas tudo isto foi uma tentativa do diabo de enganar estes crentes com respeito à verdadeira questão. A verdade é que o diabo não se importa se as pessoas gritam com ele até que suas amídalas toquem uma sonata de Bach! Ele fica lá sorrindo porque sabe que enquanto estes crentes estiverem gritando com ele, eles não atacarão onde o verdadeiro problema está. Veja, a fortaleza mencionada em Segunda Coríntios 10:4 é nada mais do que uma permissão que Satanás obtém de culturas inteiras de descrentes – islamitas, budistas, devotos da Nova Era, ateus, etc. – para dominar inteiramente suas vidas, controlando suas maneiras de pensar.

Se quisermos quebrar a fortaleza que Satanás tem sobre uma cidade, precisamos mudar a maneira que as pessoas pensam com a reposição de seus sistemas de pensamentos com a Palavra de Deus e o conhecimento de salvação do Senhor Jesus Cristo. Nós NÃO quebramos as fortalezas de Satanás se subirmos ao topo de uma montanha e gritarmos para o homem forte ou algum dominador das trevas para que liberte nossa cidade! Fazemos isto quando ministramos a Palavra de Deus e o poder do Espírito Santo em sinais e maravilhas num nível direto com a humanidade.

Hoje muitas de nossas igrejas estão cheias de pessoas doentes e aflitas que sofrem com todos os tipos de condições de tormento. Estas pessoas variam daqueles que estão na sessão de surdos e mudos àquelas que são molestadoras pervertidas de crianças buscando libertação. A maioria destas pessoas vai a igreja semana após semana, buscando sinceramente por ajuda; no entanto, são geralmente desapontadas pelo nível de poder vindo do púlpito. Alguns ministros pregam bem a Palavra; contudo, eles falham nestes exemplos, sendo presos com o mesmo pecado que domina as ovelhas. Como resultado, ao mesmo tempo em que os crentes estão sobrevoando suas cidades em aviões, gritando com o homem forte demoníaco, diabos de segunda categoria estão cavando buracos de tatu nas linhas de oração em suas igrejas!

O avivamento virá quando os pregadores E as ovelhas decidirem, “CHEGA! Eu me recuso a lidar ano após ano com o mesmo problema!” e começarem a jejuar, orar e chamar os perdidos. Só então Deus poderá derramar Seu poder sobre suas igrejas em um nível direto com a humanidade onde as pessoas vivem em tormento e clamam por ajuda.

O que acontecerá quando as pessoas que são mudas ou surdas de nascimento começarem a ouvir e a falar nos cultos de domingo de manhã? O que acontecerá quando as pessoas em cadeiras de rodas pularem repentinamente e a grande confusão criada pelos cegos gritando, “EU POSSO VER pela primeira vez!” Eu vou lhe dizer o que acontecerá – as pessoas virão! As pessoas serão salvas! O avivamento virá para a sua cidade.

Quando isto acontecer, você não precisará encontrar o prédio mais alto da cidade ou o topo da montanha mais alta para amarrar um homem forte. Aliás, você não precisará procurar pelo homem forte. ELE PROCURARÁ POR VOCÊ!

Mas não se preocupe, irmão – se o inimigo não pode parar um pregador, uma igreja ou uma ovelhinha de causar um avivamento como este que acabei de escrever, então, ele não pode parar você também. Apenas continue disposto a pagar o preço para o avivamento e lembre-se – MAIOR É AQUELE QUE ESTÁ EM VOCÊ DO QUE AQUELE QUE ESTÁ NO MUNDO!

Seu amigo e colaborador

DAVE ROBERSON

Print Friendly, PDF & Email