Amado(a) Irmão(a),

Graças a Deus que Jesus é o melhor Amigo que tenho!

Sabemos que, se não houvesse a colaboração de Adão, o diabo não poderia, jamais, ter feito o que fez e o pecado não teria entrado no mundo. O diabo veio e falou com Eva, e Adão não fez nada. Ele viu Eva comer o fruto e não morrer, e por isso decidiu comer também. Se Eva tivesse morrido na hora que comeu o fruto, com certeza ele não comeria.

Veja Romanos 5:12 – “Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.” Adão colaborou com o diabo, sendo que ele tinha a Palavra de Deus e sabia o que tinha que fazer, foi mera opção dele seguir a sugestão do diabo. E foi assim que o pecado entrou em todos os homens.

Vamos observar duas passagens em Gênesis para sabermos o que Deus fez.

Veja Gênesis 1:26-27 – “Também disse Deus: Façamos o homem à nossa semelhança; tenha ele domínio sobre os peixes do mar, sobre as aves dos céus, sobre os animais domésticos, sobre toda a terra e sobre todos os répteis que rastejam pela terra. Criou Deus, pois, o homem à sua imagem, à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.”  Gênesis 2:15 – “Tomou, pois, o Senhor Deus ao homem e o colocou no jardim do Éden para o cultivar e o guardar.” Vemos aqui, que Deus disse, eu o criei e lhe dei domínio sobre tudo no mundo e agora o ponho no meu jardim para guarda-lo. Então, Adão sabia desse posicionamento. Por isso, que ele tinha que ter expulsado o diabo do jardim na hora em que veio falar com Eva; ele estava junto dela e viu tudo acontecer; ele era responsável pela situação do momento, e deveria ter usado da autoridade sobre o diabo. Veja então, por que eu disse que Adão colaborou com o diabo; porque o diabo não podia entrar no Jardim e mata-lo, ele precisava da ajuda de Adão para fazer isso, e assim foi.

Veja Lucas 4:5-6 – “E, elevando-o, mostrou-lhe, num momento, todos os reinos do mundo Disse-lhe o Diabo: Dar-te-ei toda esta autoridade e a glória destes reinos, porque ela me foi entregue, e a dou a quem eu quiser.” Aqui, o diabo estava falando para Jesus, do que Adão fez, dando-lhe a condição de atacar as pessoas. Hoje, no Corpo de Cristo, quando nós estamos passando por problemas e ficamos sentados no sofá e não oramos, estamos fazendo o mesmo que Adão, estamos colaborando com o diabo, não estamos usando a autoridade e domínio que Deus nos deu sobre o diabo, não podemos deixar o diabo entrar e fazer o que quer com nossas vidas.

Veja o que diz Efésios 1:15-23 – “Por isso, também eu, tendo ouvido a fé que há entre vós no Senhor Jesus e o amor para com todos o santos, não cesso de dar graças por vós, fazendo menção de vós nas minhas orações, para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo o Pai da glória, vos conceda espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele, iluminados os olhos do vosso coração, para saberdes qual é a esperança do seu chamamento, qual a riqueza da glória da sua herança nos santos e qual a suprema grandeza do seu poder para com os que cremos, segundo a eficácia da força do seu poder; o qual exerceu ele em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar à sua direita nos lugares celestiais, acima de todo principado, e potestade, e poder, e domínio, e de todo nome que se possa referir não só no presente século, mas também no vindouro. E pôs todas as coisas debaixo dos pés e, para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em toas as coisas.” É preciso entender que a mesma autoridade dada a Jesus é também dada a nós, que somos parte do Corpo de Cristo. Acontece que, o diabo entendeu isso melhor que os cristãos. Ele bem sabe que temos esse domínio e autoridade, mas quer que colaboremos com ele para que ele possa matar, roubar e destruir.

Pois bem, a vida de Deus nos foi dada, portanto, temos que guarda-la exercendo a autoridade sobre todo mal; nós temos o controle sobre nossas vidas, o negócio é exercer o domínio sobre o diabo, pois nascemos de novo, não pertencemos mais a ele e com a vida de Deus em nós, adquirimos a autoridade para expulsá-lo, em Nome de Jesus.

Veja I Cor. 6:19-20 – “Acaso, não sabeis que o vosso copo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.” Entenda que temos domínio e autoridade em nosso jardim do Éden, que é nosso físico, a nossa vida, por isso, quando o diabo vem contra nosso corpo temos que nos levantar contra ele em autoridade, lutar com ele e expulsa-lo. Deus não falou que seria uma luta fácil, vemos isso quando os discípulos tentaram expulsar o diabo daquele menino lunático e não foram capazes. Jesus disse que era por causa da pequenez da fé deles. Então, meu amigo(a), nós não podemos servir a Deus numa cama. Sabemos que nosso corpo não foi glorificado ainda, mas temos o direito de exercermos o domínio e autoridade sobre nosso corpo.

Lembra que Jesus falou com a figueira, quando quis comer do fruto e ela não tinha? Pois é, o diabo vem quando estamos distraídos e nos ataca. O diabo até deixa alguém ficar bilionário se isso causa distração para não usar a autoridade e responsabilidade. É preciso observar onde ele está atacando e se você, realmente, está usando a autoridade sobre ele.

Lembre-se que Jesus confessou a Palavra e falou contra as situações que o diabo atacava, por isso que os diabos disseram a Jesus: você veio para nos atormentar, e Jesus mandou que eles calassem a boca e fossem embora.

Acontece que o diabo já está acostumado conosco que não o mandamos embora. A religião sabe que é para expulsar os diabos, mas não o faz. Jesus disse para os discípulos que iriam receber poder quando o Espírito Santo viesse; já nascemos de novo e fomos cheios com o Espírito Santo. A unção de Deus, que está em nós, através do batismo com o Espírito Santo, é para exercermos a autoridade que nos foi dada no Nome de Jesus, todos os dias.

Sabemos que a Palavra de Deus não falha. Vamos lutar contra o diabo quando ele nos atacar para ficarmos livres dele. Isso é uma promessa de Deus para nós. Devemos praticar para recebermos.

Aconselho você a passar um tempo com o Pai, todos os dias, através da Palavra, oração em línguas e adoração para você não ficar distraído e preso pelas mentiras do diabo.  Use o domínio e autoridade que lhe foram dadas e verá a glória de Deus.

Graça e Paz! Ana Maria.

Print Friendly, PDF & Email