Amado(a) Irmão(a),

Eu já entendi que temos que prestar muita atenção ao que Jesus diz para obedecermos, por isso, quero chamar sua atenção sobre a fala de Jesus quando diz, “não adianta me chamar Senhor, Senhor se não praticar o que digo”.  Isso é muito sério e devemos estar atentos em observar se o que fazemos está alinhado a Palavra de Deus.

Veja Lucas 6:46-49 – “Por que me chamais Senhor, Senhor, e não fazeis o que vos mando? Todo aquele que vem a mim, e ouve as minhas palavras, e as pratica, eu vos mostrarei a quem é semelhante. É semelhante a um homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala e lançou o alicerce sobre a rocha; e, vindo a enchente, arrojou-se o rio contra aquela casa e não a pôde abalar, por ter sido bem construída. Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre a terra sem alicerces, e, arrojando-se o rio contra ela, logo desabou; e aconteceu que foi grande a ruína daquela casa.”

Quero chamar sua atenção para observar que existem cinco características idênticas entre essas duas pessoas.

  • Primeiro, vemos que as duas pessoas vieram a Jesus, porque Ele disse: aquele que vem a mim.
  • Ambos ouviram as palavras de Jesus, porque Ele disse: aquele que ouve as minhas palavras.
  • Ambos construíram suas casas.
  • Ambas as casas parecem estar bem construídas, igualmente suficientes.
  • E, ambas foram atingidas pela mesma tempestade.

Observe que Jesus não falou da construção da casa como um projeto de arquitetura com dois quartos, sala, banheiro, etc. E, quando ele fala da tempestade ele mostra que ambas foram atingidas pela mesma tempestade.

Pois bem, quem está, ou não, servindo o Senhor, vai passar pela mesma tempestade, mas tem uma diferença aqui, note que apenas uma das casas prevaleceu, que aguentou a tempestade. Jesus está dizendo que a enchente veio e o rio arrojou contra aquela casa, ele quer dizer que a enchente veio e expôs a verdade sobre ambas as casas e que uma ficou firme e a outra foi danificada, caiu.

Vamos pensar na tempestade quando ela começa, aquela chuva com vento forte bate na casa e por um pouco ambas as casas aguentam, mas ao aumentar a intensidade, começam  aparecer os problemas, pois com a enchente, a casa construída na terra começa ser destruída. Sabemos que a enchente não acontece em cinco minutos de chuva forte. Na citação acima percebemos que a tempestade foi crescendo em volume e aí sim veio a enchente e a casa que não foi construída corretamente sofreu dano total.

Então, construir a casa está baseado na Palavra de Deus e a tempestade é como a pessoa constrói sua vida. No caso acima, primeiro eles ouviram a Palavra e aí começaram construir a casa e cada um construiu como quis.

Vamos seguir o ensino passando para Marcos 4:13-20 – “Então, Jesus perguntou: Não entendeis esta parábola e como compreendereis todas as parábolas? O semeador semeia a palavra. São estes os da beira do caminho, onde a palavra é semeada; e, enquanto a ouvem, logo vem Satanás e tira a palavra semeada neles. Semelhantemente, são estes os semeados em solo rochoso, os quais, ouvindo a palavra, logo a recebem com alegria. Mas eles não têm raiz em si mesmos, sendo, antes, de pouca duração; em lhes chegando a angústia ou a perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam. Os outros, os semeados entre os espinhos, são os que ouvem a palavra, mas os cuidados do mundo, a fascinação da riqueza e as demais ambições, concorrendo, sufocam a palavra, ficando ela infrutífera. Os que foram semeados em boa terra são aqueles que ouvem a palavra e a recebem, frutificando a trinta, a sessenta e a cem por um.”

Entenda que a Palavra é semeada em sua vida e que Satanás vem com um único propósito de rouba-la. Ele pode neutralizar a Palavra em você através dos problemas que ele traz, fazendo você parar, para não dar fruto, e o fruto vem por fazer a vontade de Deus, e sem Jesus você não consegue fazer nada para se livrar do diabo. Fique atento porque o diabo vem logo que a Palavra é semeada e ele vai chamar sua atenção para tudo o que está fora da Palavra, ele tenta tudo até dar certo. Veja que na passagem acima, Jesus não disse que essas pessoas viraram as costas para Ele, mas que até ficaram contentes em ouvir a Palavra, mas não tinham raiz nelas e a tentação veio ou a tempestade e arrancou a semente porque o solo era rochoso e tinha pouca terra; e o diabo vai atacando até achar a área fraca para ele intensificar os ataques, fazendo a pessoa cair. O diabo vai observar todas as áreas da vida, como o casamento, as finanças, a saúde, os relacionamentos, se está empenhado em orar, buscar o Senhor, e etc., por isso fique muito atento no que se passa em sua vida para não cair no laço do inimigo.

Nessa passagem de Marcos 4, que lemos acima, notamos que nenhuma daquelas pessoas que Jesus citou identificou o ataque do diabo, e isso é muito preocupante. Já adianto a você que para saber se o diabo está atacando ou não, você tem que ter uma comunhão verdadeira com Deus e diária, pois é na oração que você vai perceber os ataques e discernir o que está acontecendo ou o que está por vir, Deus sempre vai lhe alertar para você ficar firme Nele e adquirir a força Dele, assim você vai vencer sempre e nunca será frustrado ou pego de surpresa. Infelizmente, não vemos, no geral, essa proteção na vida dos cristãos, justamente, por não terem momentos verdadeiros de comunhão com Deus, através da oração diária.

Vejamos Isaías 59:19-21 – “Temerão, pois, o nome do SENHOR desde o poente e a sua glória, desde o nascente do sol; pois virá como torrente impetuosa, impelida pelo Espírito do SENHOR. Virá o Redentor a Sião e aos de Jacó que se converterem, diz o SENHOR. Quanto a mim, esta é a minha aliança com eles, diz o SENHOR: o meu Espírito, que está sobre ti, e as minhas palavras, que pus na tua boca, não se apartarão dela, nem da de teus filhos, nem da dos filhos de teus filhos, não se apartarão desde agora e para todo o sempre, diz o SENHOR.” Está claro que a Palavra de Deus tem que estar enraizada em nós e não devemos nos apartar dela. Procure observar através da sua oração diária quais são as suas áreas fracas para que o diabo não destrua sua vida e quando o Espírito Santo lhe mostrar essas áreas fique na Presença do Senhor se fortalecendo, deixando que a Palavra faça mudanças em sua vida, e é assim que você ficará forte no Senhor.

Agora, vou descrever cinco características da tempestade para você ficar atento quando algum sinal delas aparecerem para você  rejeitar e poder se defender, ficando no esconderijo do Altíssimo, através da adoração pessoal ao Senhor, oração em línguas, leitura da Palavra e jejum.

  • Quando o diabo ataca mandando uma tempestade o objetivo dele é para neutralizar a Palavra e fazer você esquecer tudo o que a Palavra diz. Você se esquece porque o ataque atinge as emoções e se a Palavra não tem raiz em você, o pânico, o desespero vem e é por isso que você não tem a mínima noção do que a Palavra diz com respeito ao que está acontecendo com você.
  • Saiba que a tempestade nem sempre é violenta, mas ela tem a condição de tirar seus olhos da Palavra.
  • Fique atento porque a tempestade não tem nuvens pretas. Quando olhamos para o céu vemos aquelas nuvens grossas e pretas, e começamos a nos preparar porque sabemos que vai chover forte. Mas, quando Satanás vem para tirar a Palavra semeada não vemos nuvens escuras avisando, mas Jesus já avisou que ele virá e esse é o único aviso que temos.
  • Como já sabemos que o diabo é bem sutil em seus ataques, temos que ficar atentos que, quando a tempestade vem parece que ela faz parte da vida, portanto vai ser preciso receber orientação do Espírito Santo para identifica-la. Por exemplo, às vezes as pessoas assumem dívidas financeiras pensando que Deus vai arcar com a provisão para o pagamento, mas devemos saber que isso não é responsabilidade de Deus e acabamos caindo no laço do diabo. Ele vai usar coisas muito corriqueiras da vida para atacar, como por exemplo, está estabelecido que depois de uma certa idade já não se consegue arrumar emprego, porque foi determinado que a pessoa está velha e incapaz, sendo que esse conceito é oposto ao que a Palavra de Deus diz; então coisas assim são usadas pelo diabo para neutralizar a Palavra na vida dos cristãos.
  • A tempestade é sempre enganadora e faz pensar que não é uma tempestade, que não é um ataque do diabo. Jesus falou na Parábola do Semeador que a Palavra foi roubada deles. Perceba que Jesus não disse que eles não criam na Palavra, mas que ela foi roubada.

Então, precisamos de muita diligência em buscar o Senhor para podermos identificar a tempestade, pois conforme for a construção da casa/vida seremos abençoados ou destruídos. É importantíssimo que a Palavra esteja enraizada em nosso coração como o fundamento da nossa vida para não cairmos nos enganos de Satanás com seus ataques e mentiras.

Procure observar o que consome a sua vida, como por exemplo, seus afazeres diários, seus amigos, sua família, etc. coisas que tiram você da Presença de Deus, fazendo seu coração esfriar, ao ponto de não ter mais vontade de orar. É por isso que as pessoas ficam esgotadas e é assim que se abre a porta para o diabo entrar e trazer destruição. É uma pena ver os cristãos dizendo que amam e creem em Jesus e estão levando uma vida lastimável, sem paz, devido a forte pressão nas emoções por estarem colaborando com o diabo para derrota-los. Se a própria liderança está nesta situação, como as ovelhas podem estar diferentes.  Mas, você está recebendo um ensino de como se prevenir e adquirir segurança na vida, sabendo como andar com Jesus.

Para resolver esse problema, o único jeito de receber libertação é decidir entrar na Presença de Deus e entregar inteiramente seu coração a Ele através da oração. Que você decida busca-Lo e ouvir o que Ele diz e obedecer; sua casa estará sendo construída na Rocha e as bênçãos de Deus descerão.

Graça e Paz!

Ana Maria

Print Friendly, PDF & Email