• Set Logo Section Menu from Admin > Appearance > Menus > "Manage Locations" Tab > Logo Section Navigation
Home 2015 março 23 Carta DR Março 2015

Carta DR Março 2015

Carta DR Março 2015

DAVE ROBERSON

Março – 2015

Querido Amigo,

Diversas das instruções que o Senhor nos deu no ano passado através de profecias e ensinos em nossos cultos tiveram a ver com foco, ou seja, nós – como Seu Corpo – devemos ser determinados a fazer a Sua vontade e nos tornarmos o que Ele quer que sejamos. Nesse andar de comunhão e maturidade com o Senhor, o Melhor Amigo que temos para nos ajudar a mantermos o foco é o Espírito Santo.

Veja, o Espírito Santo é Aquele que nos guia a toda a verdade, ministra a graça de Deus e provê as chaves necessárias para vencermos nossa carne, as táticas do diabo e as circunstâncias da vida. Essas chaves que o Espírito Santo tem nos ensinado diligentemente ao longo dos anos têm a função de nos ajudar em nosso caminhar diário no espírito e são o fundamento da nossa comunhão com Ele. Seguem:

  • Oração em línguas para edificação pessoal

  • Adoração

  • Jejum

  • Meditação e assimilação da Palavra

  • Confissão da Palavra de Deus

  • Espera no Senhor – ouvindo Suas instruções

  • Colaboração com o Espírito Santo – obedecendo ao que Ele diz

Cada uma dessas chaves tem sua função em formar, fortalecer e transformar nossas vidas, mas nenhuma delas pode ser substituída ou ignorada. Elas são todas vitais para nossa maturidade espiritual e transformação à imagem de Cristo, na expressão completa de Deus.

Uma pessoa pode passar todo seu tempo com Deus em adoração, por exemplo, o que traz a Presença de Deus como nenhuma outra chave, mas a adoração não pode protegê-la contra falsas doutrinas ou engano como a meditação na Palavra ou oração em línguas fazem. Contudo, a oração em línguas que é um dom de revelação não pode mortificar os feitos da carne como o jejum pode. Cada chave é parte de uma fundação inteira que precisa ser estabelecida na vida de cada crente, não como “obras” que tentam convencer Deus a nos amar, mas como ferramentas necessárias para crescer e amadurecer em Cristo.

Tendo esse conhecimento em mente, vamos falar especificamente sobre usar a Palavra de Deus para mantermos o foco – tanto a Palavra escrita na Bíblia quanto as palavras que Ele nos dá individualmente, que sempre devem estar alinhadas com as Escrituras, os princípios de Deus e Seu caráter.

Uma das formas mais eficazes de se manter o foco na Palavra de Deus é criar um “mapa” da sua vida. Um mapa é uma coleção de palavras, visões ou sonhos que Deus tenha falado em seu coração através de palavras de profecia, ministério pessoal ou seus momentos particulares de comunhão com Ele. Isso tudo representa a mente de Cristo para você especificamente – para ajudar você a se firmar na verdade independente do que tente fazer você se desencorajar, desviar ou desistir do seu caminho.

A Bíblia nos diz que existem momentos em que as circunstâncias ou turbulências da vida tentam nos sobrecarregar e situações em que o diabo tenta nos convencer de que as nossas palavras de esperança são mentiras. Contudo, podemos ficar tranquilos, pois Deus NÃO PODE mentir. Ele é absolutamente incapaz de falar qualquer coisa que não seja a verdade, portanto, podemos considerar a Sua Palavra e profecias pessoais como a palavra final em todas as situações.

A seguir, apresento uma palavra que recebemos do Senhor, descrevendo como Ele vê Suas palavras em nossa vida:

Não sou um homem para mentir.

Você sabe quais são as palavras que Eu lhe dei, as que vieram de Mim. Verifique as profecias e palavras que estão em seu coração e que você sabe que falei a você.

Você acha que Eu posso mentir? Eu não posso mentir. Então, não creia no que está ao seu redor e não creia nas mentiras do inimigo. Ele é o pai da mentira.

A Minha verdade – a Minha Palavra que falei a você, as profecias pessoais que você recebeu, elas são a verdade. Elas são a verdade do seu Pai. Não as esqueça, pois é através dela que você poderá Me seguir. Não desacelere. Não existe outro caminho – existe apenas o Meu caminho. Apenas.

Então, quando você se sentir sobrecarregado com dúvidas e derrota ou fracasso e pensamento de fracasso, apenas lembre-se do que Eu lhe falei. Lembre-se dos momentos de palavras íntimas que o Meu coração falou ao seu coração, as profecias que lhe foram faladas no passado. Elas não são apenas palavras em papel.

Elas são a Minha Palavra. Elas são a Minha verdade e você pode se apegar a elas como a verdade e crer nelas como verdade.

Nos Evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas, Jesus usa a parábola do semeador para explicar como o diabo vem IMEDIATAMENTE para roubar a Palavra de Deus que foi semeada em nossa vida. Veja como a parábola em Marcos 4:14-19 mostra maneiras diferentes de como o diabo vem roubar a Palavra de nós:

O que semeia semeia a palavra;

E os que estão junto ao caminho são aqueles em quem a palavra é semeada; mas, tendo eles a ouvido, vem logo Satanás e tira a palavra que foi semeada no coração deles.

E da mesma sorte os que recebem a semente sobre pedregais, que, ouvindo a palavra, logo com prazer a recebem;

Mas não têm raiz em si mesmos; antes, são temporãos; depois, sobrevindo tribulação ou perseguição por causa da palavra, logo se escandalizam.

E os outros são os que recebem a semente entre espinhos, os quais ouvem a palavra;

Mas os cuidados deste mundo, e os enganos das riquezas, e as ambições de outras coisas, entrando, sufocam a palavra, e fica infrutífera.

Agora veja o que Marcos 4:20 diz, E os que recebem a semente em boa terra são os que ouvem a palavra, e a recebem, e dão fruto, um, a trinta, outro, a sessenta, e outro, a cem, por um. Nesse último versículo, Jesus nos diz como produzir frutos e impedir o diabo de roubar a Palavra de nosso coração: devemos “ouvir” e “receber” a Palavra. No relato de Mateus sobre a mesma parábola, Jesus acrescenta que devemos “entender” a Palavra também (Mateus 13:23). E em Lucas 8:15, Jesus diz da seguinte forma: e a que caiu em boa terra, esses são os que, ouvindo a palavra, a conservam num coração honesto e bom e dão fruto com perseverança.

Aprendemos com essa parábola não só como reconhecer as táticas do diabo, mas também que precisamos agir para proteger e alimentar a Palavra de Deus em nossa vida para darmos frutos. O Apóstolo Paulo deu a seu filho espiritual Timóteo instruções parecidas sobre as palavras pessoais que ele havia recebido:

Este mandamento te dou, meu filho Timóteo, que, segundo as profecias que houve acerca de ti, milites por elas boa milícia,

Conservando a fé e a boa consciência, rejeitando a qual alguns fizeram naufrágio na fé.

1 Timóteo 1:18,19

Uma vez que ouvimos o que o Senhor falou a nosso coração, é importantíssimo que mantenhamos o foco e recebamos, entendamos e conservemos Suas palavras à frente em nossa mente. Isso porque assim como Jesus ensinou, o diabo vem imediatamente para roubar a Palavra em nossa vida. Contudo, se pegarmos a verdade de Deus e “combatermos o bom combate” através dela – através da meditação em Sua Palavra e Suas profecias pessoais para nós, confessando e adorando o Senhor com elas – as turbulências da vida não nos derrotarão e não perderemos nossa fé.

Mês passado, recebemos uma palavra durante um de nossos cultos que veio cheia de graça e encorajamento para esse momento:

No seu momento de maior dificuldade, Eu estou com você. Eu não o deixarei. Eu nunca o abandonarei. Não há razão para temer. Eu estou com você. Estou neste barco com você. Não se deixe atemorizar pelas turbulências. Vamos chegar no outro lado. Eu sou o seu barco. Não tema. Eu estou com você. Nunca o deixarei. Nunca o abandonarei. Você é Meu, diz o Senhor.

Muitos sentem que estão no seu momento mais difícil, em que a tempestade está rugindo em todas as direções e é difícil não afundar. Contudo, o Senhor nos instrui a não termos medo; Ele está com você em meio à tempestade. Pegue essa promessa falada especificamente para você – receba-a, entenda-a e conserve-a – e combata um bom combate!

Se você ainda não o fez, separe um tempo para criar seu próprio “mapa”. Peça ao Espírito Santo para ajudá-lo a resgatar as suas palavras e organize-as em um caderno ou pasta para facilitar. Suas palavras podem ser:

  • Versículos da Bíblia que chamam a sua atenção

  • Sonhos ou visões que Deus lhe deu que você tenha transcrito ou guardado

  • Profecias recentes do Senhor que encorajaram ou fortaleceram você

  • Desejos que surgiram em seu coração em seus momentos particulares com o Senhor

  • Palavras de ministério que você recebeu em linhas de oração ou durante seus momentos de oração sozinho

A Palavra e o Espírito estão sempre em concordância, então encorajamos você a validar o ministério e palavras que você tenha recebido, escolhendo dois ou três versículos para acrescentar ao que o Senhor lhe tenha falado.

Uma vez que o seu mapa esteja pronto, leia e medite sobre as palavras até que elas e o seu coração se tornem um. Fale essas palavras em voz alta durante seus momentos de oração e transforme-as em declarações de louvor e adoração pelo que o Senhor falou sobre Seus planos para sua vida. Use-as para combater o bom combate – para se fortalecer e se encorajar em seu caminhar diário. Seu mapa não é um projeto de um dia, mas algo que vai crescer e se desenvolver na medida em que você crescer e entrar em comunhão com o Senhor.

Tudo que o Senhor falou a você, tanto coletivamente quanto individualmente, é parte das instruções Dele para o avivamento. Na medida em que continuarmos a transformar nossa mente na Sua maneira de pensar e continuarmos andando em concordância com Seu Espírito, nós nos tornaremos vasos poderosos para o Seu uso, vasos através dos quais Ele possa tornar os mudos a falar, os aleijados sãos, os coxos a andar, e os cegos a ver (Mateus 15:31).

Nosso Pai tem planos para cada uma de nossas vidas. E enquanto estivermos praticando as chaves fundamentais em nossa comunhão com Ele, estaremos Lhe dando exatamente o que Ele precisa para operar esses planos em nós e através de nós para produzir o Seu fruto no momento certo.

Que você receba as bênçãos, força e graça de Deus.

Seu colaboradores,

Ministério Dave Roberson

Author: Dave Roberson

Comments are disabled.